Jumar será submetido a artroscopia nesta segunda-feira

Procedimento será realizado na manhã desta segunda-feira (23), em Londrina

Jumar será submetido a artroscopia nesta segunda-feira
O volante Jumar, durante treino no CT da SM Sports (Foto: Gustavo Oliveira/LEC)

O volante Jumar será submetido a uma artroscopia no joelho direito na manhã desta segunda-feira (23), aqui em Londrina. O jogador da equipe principal do Londrina Esporte Clube sofreu na última terça-feira (17) uma entorse logo no início da partida em que o Tubarão venceu o Figueirense no Estádio do Café, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Os exames apontaram para uma lesão parcial no menisco.
  
A decisão em optar pelo procedimento cirúrgico foi tomada pelo Departamento Médico do clube em conjunto com atleta. A cirurgia inclusive será mais efetiva para o tratamento. O próprio tempo de recuperação do jogador será equivalente àquele que teria caso fosse feito apenas o tratamento conservador [reforço muscular e fisioterapia]. Após a artroscopia, o retorno de Jumar à rotina normal de treinos deve ocorrer em torno de três a quatro semanas.
  
"A artroscopia é um procedimento minimamente invasivo, sob anestesia em ambiente hospitalar", explica o médico do Londrina Esporte Clube, Jean Alexandre Furtado Francisco. "Analisando as duas possibilidades, o tempo de recuperação é o mesmo. E em se tratando de um jogador já com antecedente cirúrgico nesse joelho e pela massa muscular e função que ele exerce em campo, optamos pelo tratamento cirúrgico", esclarece.
 
A artroscopia consiste na entrada de uma cânula na região lesionada. Diferentemente dos métodos que eram utilizados no passado para esse tipo de lesão, não existe corte ou tempo de cicatrização da pele e do músculo. O responsável pelo DM alviceleste destaca ainda que o procedimento em nada vai interferir no desempenho de Jumar na rotina de treinos e de jogos no futuro.
  
"Com a artroscopia, você consegue uma resolução muito boa para o caso sem uma agressão ao órgão que será operado", afirma Jean Francisco. "Ela inclusive terá um resultado melhor a longo prazo para o atleta", garante o especialista, que enfatiza outro ponto que vai ajudar na recuperação do atleta. "Temos que exaltar o bom caráter e o profissionalismo do Jumar, sempre muito altivo e profissional nos períodos em que ficou em tratamento conosco e que leva uma vida compatível à de um atleta profissional. Isso tudo interfere positivamente no retorno", completa.
  
Aos 31 anos de idade, Jumar está na terceira temporada dele no Londrina. Pelo Tubarão, já disputou 16 jogos (11 vitórias, quatro empates e 1 derrota). Anotou um gol – este ano, em cobrança de falta, na vitória alviceleste diante do Paysandu, no primeiro turno da Série B. Nesta temporada, o time ainda não perdeu quando ele esteve em campo.


GusOliveira01_PRO_Jean_Alexandre_Furtado_Correa_Francisco_12-03-2017
O médico especialista Jean Alexandre Furtado Francisco durante atendimento em partida do Tubarão na temporada
Foto: Gustavo Oliveira/ Londrina Esporte Clube (12-03-2017) 

Autor: Gustavo Oliveira/ Assessoria de imprensa LEC

Voltar à página anterior

DEIXE SEU COMENTARIO